+

ūüĎČ REGULAMENTO DO ALUNO

 

ūüĎČ REGULAMENTO DO ALUNO

 A) DIREITOS

 

Art. 1¬ļ.¬† Assistir √†s aulas, desde que sua situa√ß√£o esteja regularizada na secretaria.

Par√°grafo √ļnico. √Č considerado aluno aquele que estiver regularmente matriculado e sem d√©bitos com o ILG/UEM;

Art. 2¬ļ.Transferir ¬†de turma em dia especificado pela escola, desde que haja vaga.

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† Par√°grafo √ļnico. Casos de for√ßa maior ser√£o analisados pelo Conselho Consultivo do ILG, desde que n√£o falte um m√™s para o encerramento do semestre;

Art. 3¬ļ. Frequentar aulas de monitoria conforme acordo com o professor da turma;

Art. 4¬ļ. Trancar o curso por at√© dois semestres, sem preju√≠zo de sequ√™ncia, desde que haja vaga.

Par√°grafo √ļnico. O reingresso ap√≥s afastamento de dois semestres ser√° mediante Teste de Classifica√ß√£o. Ademais, dever√° ser verificado juntamente com a Secretaria se h√° disponibilidade do corpo docente..

 

ALUNO OUVINTE

 

Art. 5¬ļ. O aluno poder√° requerer na secretaria, no in√≠cio das aulas, ser aluno ouvinte em est√°gio j√° cursado no ILG, com aprova√ß√£o, h√° no m√°ximo dois anos da data da solicita√ß√£o, com o objetivo de dar seq√ľ√™ncia ao curso regular; ou no est√°gio P√≥s-Intermedi√°rio II, para no semestre seguinte, matricular-se no curso preparat√≥rio para exames.

  • 1¬ļ. O deferimento ficar√° sujeito √† exist√™ncia de vaga;
  • ¬† 2¬ļ. Caso o professor defina o retorno de um est√°gio ou mais (devido √†s perdas did√°ticas pelo afastamento), o mesmo ficar√° sujeito √† exist√™ncia de vagas;
  • 3¬ļ. Cinco dias de faltas consecutivas caracterizar√£o desist√™ncia e impedir√£o a solicita√ß√£o do benef√≠cio novamente;
  • 4¬ļ. Esse benef√≠cio pode ser requerido no m√°ximo duas vezes;
  • 5¬ļ. O aluno ouvinte tem as mesmas obriga√ß√Ķes do aluno regular (exceto no pagamento da matr√≠cula e parcelas do semestre).

 

B) DEVERES

 

Art. 6¬ļ.O aluno dever√° observar atentamente o hor√°rio de in√≠cio e t√©rmino das aulas;

  • 1¬ļ A toler√Ęncia no atraso na entrada ou na sa√≠da antecipada do aluno ser√° de 15 minutos para receber presen√ßa na primeira ou na segunda aula.
  • 2¬ļ O aluno menor de idade dever√° apresentar autoriza√ß√£o dos pais por escrito caso n√£o cumpra o hor√°rio estipulado, inclusive nos dias de prova.

Art.7¬ļ. A retirada do carn√™ de pagamento das mensalidades e da taxa de matr√≠cula na secretaria √© responsabilidade do aluno (ou respons√°vel). A data de retirada ser√° divulgada atrav√©s de cartazes, afixados nas salas e corredores;

Art. 8¬ļ. √Č vedado ao aluno o direito de se matricular em qualquer est√°gio do ILG, estando em d√©bito com a UEM, de acordo com as disposi√ß√Ķes de seu regulamento;

Art.9¬ļ. √Č proibida a perman√™ncia do aluno em locais de uso exclusivo de professores e funcion√°rios;

Art.10. √Č proibido fumar, consumir bebidas alco√≥licas, usar celular ou fone de ouvido em sala de aula;

Art.11. O aluno deve tratar com respeito professores, funcionários e colegas, evitando-se qualquer divergência de ordem pessoal ou profissional dentro das dependências da escola;

Art.12. O aluno que danificar, n√£o importando de que forma, carteiras, m√≥veis, material did√°tico, instala√ß√Ķes e outros pertences da Escola, estar√° obrigado a indeniz√°-los e, conforme o caso, poder√° ter a matr√≠cula cancelada a crit√©rio da Dire√ß√£o.

Art.13. O aluno deverá utilizar o material didático indicado na sua forma original, ficando expressamente proibido o uso de cópias.

Art. 14. Pelo não cumprimento do seu dever ou por transgressão das normas estabelecidas, o aluno estará sujeito às seguintes penalidades:

  • 1¬ļ. Advert√™ncia oral: feita pela Dire√ß√£o da escola com assinatura de ci√™ncia pelo aluno;
  • 2¬ļ. Advert√™ncia escrita: feita pela Dire√ß√£o da escola com assinatura de ci√™ncia do aluno, ou pelos pais ou respons√°vel (em caso de menores);
  • 3¬ļ. Suspens√£o: de seis horas-aula sem reposi√ß√£o de atividades, inclusive de avalia√ß√£o. O caso ser√° analisado pelo Conselho Consultivo do ILG;
  • 4¬ļ. Exclus√£o do quadro de alunos: o caso ser√° analisado pelo Conselho Consultivo do ILG.
  • 5¬ļ. As san√ß√Ķes disciplinares ser√£o impostas de acordo com a gravidade das faltas, considerados os antecedentes do aluno.

 

C) DISPOSI√á√ēES GERAIS

 

TURMAS, CARGA HOR√ĀRIA E AULAS

 

Art.15. O n√ļmero m√≠nimo de alunos em cada turma para que seu funcionamento possa ser autorizado pelo ILG √© de 08 (oito) alunos, com exce√ß√£o do √ļltimo est√°gio, por se tratarem de alunos formandos. O ILG reserva-se, portanto, o direito de remanejar ou dissolver as turmas que n√£o atingirem esse limite. Neste caso, ser√£o devolvidas as taxas de matr√≠cula a todos os alunos que n√£o se adaptarem a outros hor√°rios;¬†

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† Par√°grafo √ļnico. O n√ļmero de alunos em cada turma √© de 16 (dezesseis).

Art. 16. As aulas ocorrerão nos dias e horários da turma escolhida pelo aluno na matrícula;

¬†¬†¬†¬†¬†¬† ¬†¬† Par√°grafo √ļnico. O ILG permite que o professor possa ministrar at√© dois encontros de duas horas-aulas nas sextas-feiras ou nos s√°bados, sendo estes casos analisados pela Dire√ß√£oire√ßdo estes casos analisados pela ministrar attrguintes servidores:

Art. 17. A carga horária de cada estágio no semestre é de sessenta e seis (66) horas-aula e cada dia de aula corresponde a duas presenças;

 

AVALIA√á√ēES

 

Art. 18. O sistema de avaliação é composto por:

  1. a) avaliação contínua: envolve as quatro habilidades: compreensão e produção da linguagem oral e escrita, incluindo as tarefas, participação em sala de aula e outras atividades propostas pelo professor e/ou coordenação pedagógica;
  2. b) provas escritas e orais bimestrais:

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† ¬†¬†¬†¬†1¬ļ bimestre: testes oral e escrito, al√©m do desempenho oral cont√≠nuo;

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† ¬†¬†¬†¬†2¬ļ bimestre: testes oral e escrito (conte√ļdo cumulativo visto durante o semestre), al√©m do desempenho oral cont√≠nuo;

  • 1¬ļ- A m√©dia final √© a m√©dia aritm√©tica dos dois bimestres, que ser√° divulgada em edital.
  • 2¬ļ - A nota do primeiro bimestre dever√° ser apresentada pelo professor aos alunos, no prazo determinado pela coordena√ß√£o pedag√≥gica;

Art.19. Em caso de perda de avalia√ß√Ķes previamente estabelecidas pelo professor, o aluno dever√° apresentar documento comprobat√≥rio que justifique a sua falta.

  • 1¬ļ.¬† Ter√° prazo de cinco dias √ļteis (ap√≥s a aplica√ß√£o da avalia√ß√£o) para comunicar o professor e solicitar na secretaria uma nova oportunidade de prova;
  • 2¬ļ. Em caso de avalia√ß√£o escrita, a mesma dever√° ser requerida na secretaria, anexando-se o documento comprobat√≥rio. A data da 2¬™ oportunidade ser√° definida pela chefia;
  • 3¬ļ. Recolher uma taxa √ļnica estipulada pelo √≥rg√£o;
  • 4¬ļ. Ressalvados os casos amparados por lei;

Art.20. O aluno que não comparecer às provas previamente marcadas, sem justificativa, receberá nota zero, sem direito a recurso.

 

REVISÃO DA PROVA ESCRITA

 

Art. 21. O aluno poder√° solicitar revis√£o da prova escrita do segundo bimestre, at√© cinco dias √ļteis ap√≥s a divulga√ß√£o do edital de notas do encerramento do semestre (Resolu√ß√£o n 72/81-CEP), observando o artigo 19.

  • 1¬ļ A falta a qualquer um dos testes dever√° ser comunicada por familiar ou amigo, e vinte e quatro horas depois dever√° ser entregue atestado e /ou justificativa para se ter direito √† segunda oportunidade;
  • ¬†¬†¬†¬†2¬ļ N√£o ser√° concedida a revis√£o da prova oral, considerando-se sua natureza.
  • 3¬ļ O aluno que reprovar por faltas n√£o ter√° direito a recorrer, ou solicitar revis√£o de prova;

Art. 22. A reprovação três vezes no mesmo estágio impedirá a matrícula no mesmo idioma no ILG;

 

FREQUÊNCIA

 

Art. 23. O limite de faltas em sala de aula é de 25% (vinte e cinco por cento) para que a aprovação ocorra com média 7,0 (sete);

  • 1¬ļ. O aluno que tiver um n√ļmero de faltas superior ao supracitado dever√° seguir a tabela:

                   até 16 faltas........................    média 7,0

                   de 17 à 20 faltas.................    média 8,0

                   de 21 à 24 faltas.................    média 9,0

                   acima de 24 faltas..............    reprovado.

  • 2¬ļ. O aluno que tiver dez faltas consecutivas (cinco dias), sem justificativa, ser√° considerado desistente. DEVER√Ā encaminhar requerimento, atrav√©s do protocolo geral/UEM, pagar multa de rescis√£o contratual, ou pagar integralmente as quatro parcelas;
  • 3¬ļ.¬† Ap√≥s protocolizado requerimento de desist√™ncia para rescis√£o contratual, o aluno ser√° impedido durante um ano de retornar ao curso;

Art.24. N√£o haver√° abono de falta, sendo adotado o regime de atividades domiciliares nos casos previstos em lei;

Art.25. As faltas justificadas por meio de atestado médico e /ou certificados acadêmicos/escolares não poderão ser consideradas para reprovação do aluno ou para elevação da média de aprovação para 8,0 (oito) ou 9,0 (nove), desde que apresentados no prazo de até 15 dias após a falta;

 

TESTE DE CLASSIFICAÇÃO

 

Art.26. O aluno com prévio conhecimento do idioma só ingressará no Instituto de Línguas, nos estágios em andamento, mediante teste de classificação feito em época estabelecida pelo ILG;

  • 1¬ļ- O aluno regularmente matriculado no ILG n√£o poder√° prestar o Teste de Classifica√ß√£o para eleva√ß√£o de n√≠vel.
  • 2¬ļ- Em caso de desist√™ncia no semestre de ingresso, o retorno s√≥ ser√° poss√≠vel com novo teste de classifica√ß√£o;

 

Art.27. O aluno regularmente matriculado só poderá solicitar elevação de nível de estágio via Secretaria, desde que:

  • 1¬ļ - apresente certificado de curso na l√≠ngua alvo no exterior com, no m√≠nimo, 40 horas ‚Äď aula ou ;
  • ¬† 2¬ļ -sua situa√ß√£o seja identificada e apresentada pelo professor do est√°gio que esteja cursando, sendo inclusive corroborada por professor(es) de est√°gio(s) anterior(es) e:
  1. a) tenha cursado no m√≠nimo um ano no ILG, sendo a eleva√ß√£o de est√°gio permitida apenas nos n√≠veis Elementar III e Pr√©‚ÄďIntermedi√°rios;
  2. b) possua média igual ou superior a 9,0 (nove) nos estágios cursados anteriormente no ILG;
  • 3¬ļ - Preenchidos os requisitos do 1¬ļ ou 2¬ļ par√°grafos, o aluno dever√° encaminhar requerimento √† chefia do ILG e:
  1. a) será considerado aprovado para elevação de nível, o aluno que obtiver média final igual ou superior a 8,0(oito) nas provas;
  2. b) recolher a taxa referente a 25% do valor total das quatro mensalidades semestrais (sem desconto) após aplicação da prova;
  • ¬† 4¬ļ - Caber√° √† chefia/coordena√ß√£o pedag√≥gica do ILG indicar os nomes dos professores para elaborar, aplicar e corrigir as avalia√ß√Ķes, al√©m de decidir pela melhor adequa√ß√£o do requerente ao est√°gio correspondente √† sua capacidade ling√ľ√≠stica.

Art.28.¬† O aluno, formando de curso de gradua√ß√£o das Institui√ß√Ķes de Ensino Superior, desde que n√£o tenha reprovado no est√°gio P√≥s-Intermedi√°rio I, poder√° cursar os est√°gios P√≥s-Intermedi√°rios I e II simultaneamente, para poder concluir o curso do ILG e receber o certificado.

  • ¬† 1¬ļ. A matr√≠cula do est√°gio P√≥s-Intermedi√°rio II ser√° feita no dia da sobra de vaga;
  • ¬†¬† 2¬ļ. O aluno dever√° assinar termo de ci√™ncia de que a reprova√ß√£o em qualquer desses est√°gios impedir√° a conclus√£o do curso, at√© que sejam obtidas as aprova√ß√Ķes nos referidos est√°gios.

Art. 29. A escola não se responsabiliza por bens de terceiros em suas dependências.

 

A Direção